Disponibilização de micronutrientes para o cultivo de laranjeiras ‘pêra’ fertilizadas com lodo de esgoto compostado em substituição à adubação nitrogenada mineral

Autores

Palavras-chave:

Citrus sinensis. Nitrogênio. Lodo de esgoto compostado.

Resumo

O lodo de esgoto compostado (LEC) é a porção sólida do resíduo gerado no tratamento de águas servidas, sejam domésticas, industriais ou agroindustriais, contendo níveis elevados de matéria orgânica, macro e micronutrientes fundamentais para a fertilidade do solo. Atualmente, a destinação deste material se constitui de grande preocupação do ponto de vista econômico-ambiental. O presente trabalho teve por objetivo avaliara disponibilização dos micronutrientes Boro (B), Cobre (Cu), Ferro (Fe), Manganês (Mn) e Zinco (Zn) ao solo no cultivo de laranjeiras ‘Pêra’ após fertilização com lodo de esgoto compostado em substituição à adubação nitrogenada mineral. Para o cálculo das doses aplicadas, considerou-se 2,77% de N presente no resíduo e taxa de mineralização de 30%, perfazendo as doses de 0, 6, 12, 18, 24 planta¹ de lodo de esgotocompostado, que representa 0, 25, 50, 75, 100% da quantidade requerida de N pela cultura da laranjeira, complementado com fontes minerais a fim de satisfazer 100% da demanda nutricional. As plantas foram crescidas em vasos com 500 L de solo e irrigadas por gotejamento para reposição da água evapotranspirada no dia anterior. A aplicação de lodo de esgoto compostado ao solo na fertilização de laranjeiras ‘Pêra’ em substituição à adubação nitrogenada mineral aumentou os teores de todos os micronutrientes proporcionalmente às doses adicionadas do resíduo ao solo. Atenção especial deve ser dada ao Zn, pois de acordo com as normas ambientais atuais, no oitavo ano de aplicação este elemento atingiria o limite máximo proposto pela resolução normativa federal.

Downloads

Publicado

2019-08-31

Edição

Seção

Artigos