Caracterização morfológica de 21 genótipos de batata-doce

Autores

Palavras-chave:

Ipomoea batatas. Camponeses. Soberania alimentar. Biocombustível

Resumo

A batata-doce [(Ipomoea batatas (L.) Lam.] é cultura de múltiplas aptidões e que apresenta alta variabilidade genética refletida em diferenças de cores, tamanhos e formas das folhas, caules e raízes tuberosas. Objetivando a caracterização de 21 genótipos de batata-doce pertencentes à coleção do Laboratório de Mecanização Agrícola da Universidade Estadual de Ponta Grossa (Lama/UEPG), avaliaram-se 25 características por meio de descritores morfológicos de folhas, caules e raízes tuberosas, segundo Huamán (1991). A caracterização morfológica foi eficiente e constatou ampla variabilidade fenotípica entre os genótipos. Os descritores perfil geral da folha, cor predominante do caule, formato da raiz e cor predominante da periderme apresentaram alta variabilidade, sendo considerados características adequadas para a caracterização e diferenciação de genótipos de batata-doce. O descritor cor predominante da periderme e polpa podem ser considerados na predição de possíveis usos e condição para melhoramento genético.

Downloads

Publicado

2022-12-28

Edição

Seção

Artigos