Influência do fertilizante de liberação controlada no desenvolvimento de mudas de maracujazeiro-amarelo em diferentes substratos

Autores

  • Andréa Maria Antunes FIB Bauru
  • Terezinha de Fátima Fumis UNESP
  • Aloisio Costa Sampaio UNESP
  • Joanina Gladenucci UNESP Botucatu
  • Danilo Costa Santos UNESP

Palavras-chave:

Passiflora edulis f. flavicarpa. Propagação. Nutrição mineral.

Resumo

Objetivou-se com este trabalho avaliar o desenvolvimento de mudas de maracujazeiro amarelo, seleção Afruvec, em condições de viveiro telado, utilizando fertilizante de liberação lenta em dois tipos de substratos: A) Vivatto Plus Slims® (composto de casca de pinus, vermiculita e carvão vegetal) e B) Lupa® (casca de pinus e torta de celulose), acrescidos das doses de 0; 2; 4; 6 e 8 g kg-¹ de substrato de Basacote® Plus 3M, fertilizante de liberação controlada. As mudas foram avaliadas 80 dias após a semeadura (D.A.S), considerando o número de folhas, a altura das plantas (cm), a biomassa fresca e seca da parte aérea e raiz (g), Os resultados indicaram que a utilização do substrato Vivatto Plus Slims® com o fertilizante Basacote® Plus 3M na dose de 6g kg-¹ e o substrato Lupa®, com o fertilizante Basacote® Plus 3M na dose de 8g kg-¹ foram os mais eficientes no desenvolvimento das mudas de maracujazeiro-amarelo, assim como os dois substratos testados não apresentaram diferenças significativas entre si, exceto para biomassa fresca foliar e altura das plantas.

Downloads

Publicado

2019-08-31

Edição

Seção

Artigos