Benefícios da logística reversa do polietileno: um estudo de caso

Autores

  • Luis Eduardo Mansano Centro Universitário Sagrado Coração
  • Erica Morando Paveloski Faculdade do Ensino Superior do Interior Paulista
  • Edilson Moura Pinto FIB Bauru

Palavras-chave:

Logística reversa, Sustentabilidade, Polietileno de alta densidade, Reciclagem.

Resumo

O uso extensivo de caixas de madeira para o transporte de hortifrúti se transformou nos últimos anos, em decorrência das políticas públicas referentes às boas práticas de higiene no setor de transporte de alimentos. Após a proibição do trânsito de objetos de madeira nos estabelecimentos de alimentações, os produtores de caixotes foram impelidos a buscar alternativas para permanecer competitivos no mercado. Como resultado, houve mudança do tipo de produto ofertado e as caixas de madeira foram substituídas por caixas de polietileno de alta densidade (PEAD), modicando, assim, toda a cadeia de suprimentos, introduzindo processos de reciclagem. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo avaliar e demonstrar a viabilidade econômica, social e ambiental proporcionadas pela logística reversa do PEAD neste setor. O estudo feito a partir de pesquisa de campo demonstra os benefícios da mudança na cadeia produtiva para a empresa, sociedade e ambiente, alcançados a partir da reciclagem do PEAD. A empresa que buscou vantagens competitivas obteve benefícios sociais com a melhoria de qualificação e de salário do quadro de colaboradores e resultados ambientais positivos com a reciclagem dos resíduos. Além disso, impetrou vantagens financeiras com uma cadeia de produção que permite lucros superiores aos do processo envolvendo a madeira

Downloads

Publicado

2019-12-20

Edição

Seção

Artigos