Comunicação, alteridade e ecossistema digital: análise de conteúdo e conversações sobre Fórmula 1 no Twitter

Autores

  • Marcelo Pereira da Silva PUC-Campinas
  • Bianca de Carvalho Velloso PUC-Campinas

Palavras-chave:

Comunicação; Esportes; Paixão; Twitter; Conversação.

Resumo

Ancorados em um arcabouço teórico que abrange estudos  da comunicação e das redes sociais digitais, este artigo objetiva investigar, por meio da análise de  conteúdo, postagens discursivas no Twitter de comunidades e/ou perfis de torcedores e entusiastas de automobilismo, com ênfase em fãs de Fórmula 1, considerando  conversações sobre resultados e desempenho de equipes e interações acerca do tema “Fórmula 1”. Inferimos que essas interatividades se configuram em um cenário de polêmica, uma vez que os usuários são motivados pela paixão esportiva e, muitas vezes, perdem a noção da convivência, da tolerância e do respeito à face do outro.

Biografia do Autor

Bianca de Carvalho Velloso, PUC-Campinas

Graduanda da Faculdade de Jornalismo da PUC-Campinas, bolsista de Iniciação Científica pela Fapic/Reitoria. E-mail: bianca.cv@puccampinas.edu.br

Referências

AHLGREN, Matt. 50 + TWITTER ESTATÍSTICAS E FATOS PARA 2022. 2022. Disponível em: https://www.websiterating.com/pt/research/twitter-statistics/#chapter-1. Acesso em: 26 jun. 2022.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1988.

BRUEL, Maria Rita. Função social do esporte. Motrivivência, [s. l], p. 1-4, jun. 1989

CANALTECH. Twitter. Disponível em: https://canaltech.com.br/empresa/twitter/ . Acesso em: 28 fev. 2021.

CASTELLS, Manuel. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999.

DI FELICE, Massimo. Net-ativismo - da ação social para o ato conectivo. São Paulo: Paulus, 2017.

_______________. Auréola digital: a crise dos pontos de vista centrais e o fim do direito exclusivo da edição das informações. In: MARCHIORI, Marlene; OLIVEIRA, Ivone de Lourdes (Orgs.). Redes sociais, comunicação e organizações. São Caetano do Sul: Difusão, 2012.

FERREIRA, Alexandre Valério; RIOS, José Riverson Araújo Cysne. FILTRO BOLHA, CÂMARA DE ECO E A FORMAÇÃO DE OPINIÕES EXTREMAS. 2017. 12 f. Tese (Doutorado) - Curso de Jornalismo, Universidade Federal do Ceará, Curitiba, 2017. Disponível em: https://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/44732/1/2017_eve_avferreira.pdf. Acesso em: 25 maio 2022.

FONSECA JÚNIOR, Wilson Corrêa da. Análise de conteúdo. In: DUARTE, Jorge; BARROS, Antônio (Org.). Métodos e Técnicas de pesquisa em comunicação. São Paulo: Atlas, 2005.

LIPOVETSKY, Gilles; CHARLES, Sebastien. Os tempos hipermodernos. São Paulo: Barcarolla, 2004.

MARCONDES FILHO, Ciro. Comunicologia e mediologia? A fundação de um campo científico da comunicação. São Paulo: Paulus, 2018.

MENDES, Rosana Maria; MISKULIN, Rosana Giaretta Sguerra. A análise de conteúdo como uma metodologia. Caderno de Pesquisa, [s. l], v. 47, n. 165, p. 1044-1066, jun. 2017. Trimestral.

MITCHEL, Willian J. “Replacing place”. In: LUNENFELD, Peter (ed). The digital dialectc. Cambridge, Mit press,1999.

MONGE, Peter R. A ecologia das comunidades organizacionais: sítios de redes sociais – 1996-2011. In: OLIVEIRA, Ivone de Lourdes; MARCHIORI, Marlene (Orgs.). Redes sociais, comunicação, organizações. São Caetano do Sul: Difusão, 2012.

OSMAN, Maddy. Estatísticas e Fatos do Twitter Sobre a Nossa Rede Social Favorita (2021): escavando através do twitter demographics. Escavando através do Twitter Demographics. 2021. Disponível em: https://kinsta.com/pt/blog/estatisticas-e-fatos-do-twitter/#escavando-atravs-do-twitter-demographics. Acesso em: 28 fev. 2021.

PERUZZOLO, Adair Caetano. A comunicação como encontro. Bauru, SP: Edusc, 2006.

PRADO, Ana. “Cala a boca, você fuma!” Conheça a falácia ad hominem. 2016. Disponível em: https://guiadoestudante.abril.com.br/coluna/redacao-para-o-enem-e-vestibular/cala-a-boca-voce-fuma-8211-conheca-a-falacia-ad-hominem/#:~:text=Uma%20pr%C3%A1tica%20muito%20comum%20em,%E2%80%9Ccontra%20a%20pessoa%E2%80%9D). Acesso em: 25 jun. 2022.

PUSCHMANN, Katrin Weller e Axel Bruns e Jean Burgess e Merja Mahrt e Cornelius et al. Twitter and Society: An Introduction. Nova York: Peter Lang Publishing, 2014. 36 p. Disponível em: https://katrinweller.files.wordpress.com/2012/08/twitter-and-society-introduction-2014.pdf. Acesso em: 26 jun. 2022.

RECUERO, Raquel. Atos de ameaça à face e à conversação em redes sociais na Internet. In: PRIMO, Alex (Org.). Interações em rede. Porto Alegre: Sulina, 2016.

________________. Redes sociais na Internet. Porto Alegre: Sulina, 2014.

SANTAELLA, Lucia. A ecologia pluralista da comunicação: conectividade, mobilidade ubiquidade. São Paulo: Paulus, 2010.

SHIRKY, Clay. A Cultura da participação: criatividade e generosidade no mundo conectado. Rio de Janeiro: Zahar, 2011.

WOLTON, Dominique. É preciso salvar a comunicação. São Paulo: Paulus, 2006.

Downloads

Publicado

2022-12-31

Como Citar

Pereira da Silva, M., & de Carvalho Velloso, B. (2022). Comunicação, alteridade e ecossistema digital: análise de conteúdo e conversações sobre Fórmula 1 no Twitter. Revista Multiplicidade, 11. Recuperado de https://revistas.fibbauru.br/multiplicidadefib/article/view/532